A disciplina Legislação Aplicada ao SUS é tema certo de todos os editais de concursos na área da saúde, desde os concursos federais até os concursos de prefeituras, além das Residências Multiprofissionais.

Muitos “concurseiros” se sentem inseguros quando o tema é SUS, muitos não gostam da disciplina, outros não conseguem compreender a estrutura do Sistema de Saúde, mas, a maioria demonstra dificuldade em assimilar o conteúdo das Leis, Decretos e Portarias.

Neste artigo, trago para vocês algumas dicas de como estudar Legislação do SUS para gabaritar as questões:

1. Primeira dica: escolha o material de forma adequada. Busque por professores que dominam o conteúdo e não apenas fazem a leitura dos marcos jurídicos do SUS;

2. Segunda dica: antes de iniciar a leitura “seca” das leis, decretos e portarias, estude a contextualização histórica do Sistema de Saúde – SUS, mesmo que este item não conste no edital. Ajudará o entendimento de como era antes e o que temos hoje com o SUS;

3.Terceira dica: organize seu material de estudo em ordem cronológica, ou seja, inicie do marco jurídico com a data de publicação mais antiga e siga a ordem de publicação até a mais recente. Desta forma você acompanhará a evolução do sistema e as alterações e inclusões de ações e serviços;

4. Quarta dica: afaste seu momento estudo da realidade que a mídia e o dia a dia nos revelam. As bancas cobram o que consta nas leis, logo, se você comparar com a realidade tático operacional, correrá o risco de errar a questão. As bancas já sabem como usar a “pegadinha” da vida prática versus o “ o que tem na Lei”.

5. Quinta dica: tente entender o SUS e não apenas decorar. Existem bons professores, que por serem militantes ou fizeram parte da construção do SUS, trazem o conteúdo de forma leve e compreensível. Esta metodologia faz com que você não esqueça o que estudou e aprenda a associar, interpretar e gabaritar as questões, mesmo sem ter decorado.

Então, que tal “viajar” no universo do SUS? Fica a convocação.

Abraços,

Professora Natale Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *